Mariana Aydar lidera bloco de Carnaval em homenagem ao Nordeste

A cantora Mariana Aydar estreia seu bloco “ Forrozin ”, que busca valorizar a música regional e nordestina no carnaval de rua de São Paulo. O cortejo sai na segunda-feira (12), na região central da capital. O “Forrozin” nasceu da vontade da cantora celebrar a comunidade e a música nordestina em todas as suas vertentes nas ruas de São Paulo. Ao lado de nomes como Gilberto Gil, Mestrinho, As Bahias e a Cozinha Mineira, a cantora promete um debut inesquecível na folia.

Sobre sua relação com o carnaval , Mariana conta que é carnavalesca por natureza, acompanhou diversos carnavais em Salvador, além de ter sido backing vocal da Daniela Mercury. Agora, a cantora agita as principais ruas do centro de São Paulo com muito forró pé de serra, afoxé e axé, com um repertório recheado de sucessos de nomes como Dominguinhos, Geraldo Azevedo, Daniela Mercury, Baiana System, entre outros. O repertório conta com cerca de 60 músicas, sendo pelo menos 10 delas interpretadas por Gilberto Gil .

Fruto de uma sociedade entre Mariana e a recém-criada agência e produtora modernista, que reúne alguns dos integrantes do bloco Acadêmicos do Baixo Augusta, o bloco concentra-se na esquina das ruas Ipiranga com São João (em homenagem à festa junina), segue pela Praça da República e dispersa na Avenida São Luís. A concentração começa as 10h, enquanto a saída será as 11h.

Música nova

O trio escocês Chvrches se prepara para lançar novo disco e já liberou o primeiro single, Get Out. A música é a primeira a ser disponibilizada pela banda desde 2015, quando foi lançado o segundo álbum, “Every Open Eye”. A líder Lauren Mayberry falou sobre a nova música ao Entertainment Weekly: “Quando escuto o disco, sinto que é o material mais pop que fizemos e também o mais agressivo e vulnerável. Era sobre realmente se encaixar nesses momentos – e também querer que haja uma verdadeira humanidade e caráter no que estamos dizendo”. Produzido em 2017 e 2018 por Greg Kurstin (Adele, Lilly Allen, Pink), ouça Get Out a seguir:

Nova supersérie

“ Onde Nascem os Fortes ” é o novo produto a ocupar o horário das 23h na Globo a partir de Abril. O folhetim de George Moura e Sergio Goldenberg, escrita com a colaboração de Flavio Araujo, Mariana Mesquita, já teve sua sinopse divulgada e contará a história de Hermano (Gabriel Leone), filho adotivo do casal Pedro Gouveia ( Alexandre Nero ) e Rosinete (Debora Bloch), que foi educado para assumir o império criado pelo pai, o dono da maior fábrica de bentonita da fictícia cidade de Sertão. Recebeu todas as condições para se tornar o homem que é e nunca se ressentiu por não ser filho biológico: é paciente com a mãe e respeita e admira o pai e é amoroso com a irmã caçula, Aurora (Lara Tremouroux). Seu futuro é posto a prova por conta de seu envolvimento com Maria (Alice Wegmann), jovem de Recife por quem ele se apaixona torridamente assim que ela chega a Sertão, no entanto, pode direcioná-lo para um outro caminho.

Elenco de
                                                                                                           Divulgação/TV Globo

Elenco de “Onde Nascem os Fortes”, nova supersérie da Globo que estreia em abril

Patrícia Pillar, Fábio Assunção, Irandhir Santos, Enrique Diaz, Jesuíta Barbosa, Carla Salle, Lee Taylor, Marcos de Andrade, Ravel Andrade, Camila Márdila, José Dumont e Nanego Lira também estão no elenco.

Desaparecidas

O Mais Globosat exibe a partir deste domingo (04) às 22h, a série francesa “ Desaparecidas ”, que conta a história de Lise, uma policial que vai confrontar seus fantasmas em uma misteriosa investigação. Quando ela retorna à sua cidade natal para cuidar da mãe, que sofre da doença de Alzheimer, não imagina que irá reviver dramas do passado. Ao chegar à cidade, descobre que uma adolescente desapareceu após o festival da vila. Esse desaparecimento perturba Lise de maneira assustadora, já que quinze anos atrás, suas duas melhores amigas desapareceram nas mesmas circunstâncias, sem deixar vestígios. O instinto policial e as coincidências envolvendo os casos levam ela a se questionar: esses dois crimes têm alguma conexão? O que ela vai descobrir sobre seu passado se ela decidir conduzir essa investigação?

IG