Ex-integrante do Pussycat Dolls diz que JAY Z é traficante e cafetão

A cantora Kaya Jones, ex-integrante do Pussycat Dolls, fez sérias acusações a Jay Z em suas redes sociais. Em publicações no Twitter, ela acusou o marido de Beyoncé de ser traficante e cafetão.

“Jay Z vendeu drogas para financiar sua gravadora por anos. Dorme com mulheres jovens e promove o ódio à comunidade negra. Ele é um cafetão e traficante de drogas glorificado que está se safando há muito tempo”, escreveu.

No a no passado ela já havia causado polêmica ao afirmar que a girl band Pussycat Dolls era uma grande rede de prostituição.

As novas mensagens foram publicadas após Jay Z criticar o presidente Donald Trump (do qual Kaya é defensora) sobre o desemprego entre a população negra nos Estados Unidos.“Uma das únicas vezes em que vi armas serem sacadas em um ambiente público foi com Jay-Z. Eu tinha 18 anos, e estava tendo uma boa noite em Londres, quando ele a transformou em uma zona de guerra. Não me fale sobre ele. Estou ciente”, continuou a cantora.

Ela ainda falou sobre o nome da gravadora de Jay Z. “Roc Nation significa o que mesmo? Tenho certeza que é crack. Jay-Z não fundou sua gravadora vendendo jornal pelo bairro. Ele vendia algo que usou para nomear sua gravadora, Roc [pedra]”, completou.

Caras