Alice em ‘Apocalipse’, Thuany Parente descarta mentira em relação:’Coisa tóxica’

Em sua estreia na TV, na novela “Apocalipse”, Thuany Parente dá vida a Alice, que escondeu, por muito tempo, da família e do namorado, Tiago (Rafael Sardão), que cantava em um barzinho alegando passar as noites cuidando de uma idosa. Com a revelação, a jovem enfrentou a revolta do médico, que colocou ponto final no namoro. Na vida real, a atriz de 26 anos descarta faltar com a verdade em um relacionamento. “Nunca vou defender mentira, porque acho a coisa mais tóxica que existe para qualquer relação”, afirma ao Purepeople .

Alice e Tiago podem reatar, acredita atriz

Mesmo assim, Thuany consegue defender sua personagem, baleada em ataque no local de trabalho. “Mas estudando, entendi que ela foi apenas imatura e covarde, agiu assim por medo de ter que escolher entre magoar as pessoas que ama ou desistir do sonho de cantar”, diz. Para ela, há, sim, chance do casal reatar o namoro no folhetim de Vivian de Oliveira. “Ela se arrependeu muito do que fez e ele é exemplo vivo de que é possível mudar sua história. Acredito muito na transformação das pessoas, contanto que elas tenham esse desejo. Então por que não dar uma segunda chance?”, questiona.

‘Sempre fui pé no chão’, afirma estreante na TV

Com oito anos de carreira, Thuany soma no currículo musicais como “Hair” e “Um Violinista no Telhado” (que reuniu ainda Ada Chaseliov, morta em 2015) e conta sempre ter tido o apoio da família. “Mas houve aquele momento de dúvida e preocupação, por conta da instabilidade da profissão”, pondera. “Sempre fui muito pé no chão e objetiva. Então, consegui defender bem minha ideia de que daria certo”, completa. Filha de um cantor, compositor e integrante de banda de rock cover, descobriu sua vocação musical aos 14 anos. “Sempre amei música, mas não sabia que tinha talento para isso. Só descobri que minha voz era legal em um curso de teatro que montou um musical. Descobri minha voz muito em função do meu trabalho de atriz”, recorda ela, que nunca cantou nas noites e se aventura em outras áreas musicais. “Dou uma arranhada no piano, mas não componho. Só alguns rabiscos que junto com o meu pai ele transforma em alguma coisa”, completa, aos risos.

‘Apaixonada pelo universo das novelas’, aponta

Com passagens também no cinema, em filmes como “Maria e Eduardo”, a atriz vê na TV, sétima arte e musicais três mundos bem distintos. “Acho que no teatro e no cinema há mais tempo para ‘degustar’ cada cena, pesquisar possibilidades. Na TV é tudo mais corrido. Além disso, a linguagem da câmera é bem diferente da teatral”, compara. “No teatro você precisa que a pessoa da última fileira do balcão entenda que sua personagem está triste, e ela muitas vezes nem consegue ver seus olhos direito. Eu brinco que até o dedinho do seu pé precisa mostrar que você está triste”, acrescenta. “Já com as câmera é como se a pessoa estivesse do seu lado. Estou completamente apaixonada por esse universo. Sou fã das sutilezas”, completa.

‘Personalidade é fundamental’, sobre homem ideal

O convite para viver Alice veio através dos produtores da novela, que terá substituição de atrizes no papel da androide Melina e deverá será encurtada por conta da baixa audiência, por conta de seu material de divulgação. E, por isso, não chegou a fazer um teste específico para viver a namorada de Tiago, diferentemente de outras ocasiões. “Sempre quis fazer novela, mas tudo acontece na hora certa. Passei os últimos anos em São Paulo focada no teatro musical, o que foi incrível também”, comemora. Solteira, Thuany indica o que um homem precisa ter para lhe conquistar. “O mais importante é ser honesto sobre quem se é e respeitar quem eu sou. Personalidade é fundamental para mim. E senso de humor, porque sou uma bobona (risos)”, finaliza.