“Homem não precisa de pinto para ser homem”, afirma Gretchen sobre filho trans

O “ Altas Horas ” do último sábado (20) foi marcado pela participação de uma das celebridades mais queridas da internet: Gretchen. A dona do rebolado, que está prestes a estrear um reality show sobre a sua família no canal Multishow, trouxe à tona a descoberta do seu filho, Thammy Miranda , enquanto um homem trans e a trajetória difícil que a família teve que enfrentar.

Gretchen falou sobre sua relação com o filho durante o
                                                                                                                     Reprodução/Twitter

                             Gretchen falou sobre sua relação com o filho durante o “Altas Horas” deste sábado (20)

“É uma coisa que choca. E no começo é difícil aceitar. Mas na hora que você se lembra que aquele bebê que você gerou é o seu filho, não importa que sexo ele tenha”, afirmou Gretchen . Além disso, a artista relembrou sobre a pressão que Thammy sofreu para assumir o seu posto no rebolado. “Era a filha de um símbolo sexy e todos esperavam que ela fosse minha sucessora, mas isso não importa. Não importa se é ele ou se é ela. É o meu filho”, contou.

Preconceito

Apesar da aceitação da mãe, Thammy chegou a adoecer diante das críticas que recebeu após assumir sua identidade. “Até fazem brincadeiras ridículas com ele na internet sobre negócio de ter ou não o pênis. Não é isso que faz um homem. O homem não precisa ter isso para ser homem. Ele tem é que se digno, verdadeiro, honesto. Isso é ser homem. É respeitar e amar as pessoas”, explicou. “Quando era mulher, meu filho teve muita coragem para se assumir publicamente.Isso trouxe várias sequelas emocionais para ele: síndrome do pânico, depressão e que ele carrega até hoje”, completou.

A participação de Gretchen no “Altas Horas” foi um dos grandes comentários da madrugada e diversos usuários ficaram bastante comovidos com o relato de sua relação com o filho.

Gente IG