Fernando Collor vai concorrer à Presidência em 2018

 

O ex-presidente e atual senador Fernando Collor de Mello anunciou nesta sexta-feira (19) que é pré-candidato à Presidência da República. Em entrevista à rádio Gazeta de Arapiraca, do interior de Alagoas, o político afirmou até que tem uma vantagem sobre os demais candidatos: “Em relação a programa de governo, eu tenho uma vantagem sobre alguns outros candidatos porque já presidi o país. Então, o meu programa de governo todos conhecem. Sabem o modo como eu penso, o modo como eu ajo para atingir os objetivos que a população deseja para a melhoria da sua qualidade de vida“, disse Collor.

Foi o próprio partido de Fernando Collor, o PTC, que pediu para o ex-presidente disputar a eleição neste ano. A ideia vinha sendo amadurecida desde o fim do ano passado. Para Daniel Tourinho, presidente da legenda, o Brasil está órfão de bons nomes na política, e Collor pode ir para o segundo turno.

 

Com cerca de 35 milhões de votos, em 1989, Collor foi o primeiro presidente eleito após o regime militar. Em dois anos e meio de governo, adotou medidas impopulares e sofreu processo de impeachment. No ano passado, virou réu na Lava-Jato, acusado de desvios na BR-Distribuidora.

 

SBT Brasil