Monica Iozzi depois de seis meses,retorna para as rede sociais

Monica Iozzi reativou suas contas do Facebook e do Instagram na segunda-feira, 27 de novembro de 2017 Foto: Divulgação, TV Globo / PurePeople

Seis meses depois de abandonar as redes sociais, Monica Iozzi reativou suas contas do Facebook e do Instagram na segunda-feira (27). A atriz ficou longe da internet porque “estava exagerando na quantidade de horas que passava online” e era frequentemente alvo de críticas dos internautas por conta de suas posições políticas. “Eu voltei, minha gente! Vamo que vamo!”, comemorou. “Novo Instagram… senhorita.iozzi. Porque quando a gente volta, tem que voltar com tudo!”, completou.

Fã desconfia do perfil e atriz garante: ‘Sou eu sim’

Em seu retorno, Monica compartilhou fotos suas atuais e mostrou que está lendo o livro “Outros Jeitos de Usar a Boca”, de Rupi Kaur. Em sua mais recente postagem no Facebook, a apresentadora lamentou a eliminação de Irina do “MasterChef Profissionais”. “Indignada com a saída da Irina!”, escreveu. O post gerou desconfiança em um usuário: “Não é da Mônica. É fake”. Porém, a atriz garantiu: “Sou eu sim! Olha o selinho de verificado!”.

‘Saí porque enchi o saco e também fiquei solteira’, explicou apresentadora

No começo de novembro, Iozzi participou do “Adnight Show” e explicou por que abandonou seus perfis. Segundo a artista, um dos motivos foi o fim de seu namoro com o diretor Felipe Flores. “A galera tá louca, né? As pessoas estão com muita raiva de tudo. Está difícil se comunicar. Daqui a pouco eu volto. Saí porque enchi o saco e também fiquei solteira, precisava de mais tempo pra mim”, contou.

‘Não faço acordo com esse homem’, diz Monica sobre processo de ministro

Em outubro de 2016, Monica foi condenada a pagar R$ 30 mil ao ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes por conta de seus comentários contra o político. No “Conversa com Bial”, a atriz revelou que Gilmar chegou a propor um acordo para que ela se retratasse por seus comentários no Facebook e diminuísse o valor da indenização. Porém, ela recusou a proposta: “Eu falei não. Eu não sou rica, R$ 38 mil não é nem de longe pouco dinheiro para mim, mas eu pensei ‘eu não falei nada de errado. Eu vendo o meu apartamento, mas eu não vou fazer um acordo com esse homem’. Não é justo o que ele fez”.

Terra