Ex-BBB Serginho entrega que Pabllo Vittar já foi seu cover: ‘Pessoa maravilhosa’

O ex-BBB Serginho Orgastic entregou que Pabllo Vittar foi seu cover no passado

O ex-BBB Serginho Orgastic revelou que teve um cover bastante famoso no passado: Pabllo Vittar! Isso mesmo! “A Pabllo Vittar era minha cover, minha fã. Fui na cidade dela (São Luís, no Maranhão) e o apresentaram como minha cover. Uma pessoa maravilhosa. Teve uma época que ela se inspirou em mim e isso é muito gratificante. Ela é um p*** artista e eu a adoro”, elogiou ao Purepeople durante passagem pelo exclusivo Camarote Sutton by Dream Senses no show de Bruno Mars, em São Paulo, na quinta-feira (23).

Ex-BBB reflete: ‘Representatividade importa’

O ex-participante do “BBB10” elogiou a cantora, destaque na Parada LGBT do Rio, e refletiu sobre a importância de ter exemplos para o público gay: “Torço muito e quero que ela tenha muito mais sucesso. Representatividade importa. Hoje, muitas gays estão se inspirando na Pabllo. Não que ela se espelhou em mim, mas em um momento ela me viu como igual e se identificou. Essa representatividade é muito bacana”.

Serginho exibe cabelo comprido em show: ‘Aplique para fazer um ombré’

Com cabelo comprido para curtir o show, visto por Eliana e suas amigas no dia de seu aniversário, Serginho explicou o visual: “Coloco aplique para fazer um ombré. É extensão que é presa com queratina. Não é daqueles que você coloca e tira. Ele vai até o final das costas. São 60cm de cabelo natural, do Sul. É um cabelo que custa uns R$ 2.500,00”. Questionado sobre preconceito, o ex-BBB foi direto: “Não sofro nenhum tipo de preconceito com meu visual. Mas, olha que engraçado. Na balada gay tem muita gente que me olha estranho ainda. Balada gay tem isso de o bombado, a drag, a travesti. Já em balada hétero dão em cima, pedem meu telefone, é outra coisa. Fazem oito anos que saí do BBB e trabalho até hoje fazendo presença VIP em balada”.

Pabllo Vittar se sente protegida quando está montada: ‘Um escudo’
Para a revista “Marie Claire” de novembro, Pabllo avaliou a importância de ser vista montada: “Com ela me sinto forte. Consigo colocar meus sentimentos para fora e, ao mesmo tempo, me sinto protegida, como se meu alter ego fosse um escudo”. “Só tenho uma vida e quero ser quantas pessoas quiser. As pessoas vivem conformadas, às vezes presas em suas cabecinhas”, completou.
Terra